2 de Fevereiro, 2024

A Câmara Municipal de Viana do Castelo investiu cerca  de 341.mil euros na reabilitação de dois troços das margens do Rio Lima,

Written by on 2 de Fevereiro, 2024

2 de Fevereiro, 2024

A Câmara Municipal de Viana do Castelo investiu cerca  de 341.mil euros na reabilitação de dois troços das margens do Rio Lima, o principal curso de água do concelho, uma das principais atrações do território e um dos corredores ecológicos mais importantes pela vasta biodiversidade e variados serviços de ecossistemas que presta. Os trabalhos preconizados assentaram numa estratégia de desenvolvimento sustentável para as margens das linhas de água e para a sua envolvente, através da implementação de soluções de reabilitação fluvial mais próximas da Natureza, em cerca de 4,5 quilómetros, que promovem a consolidação das margens e a resiliência do território face ao impacto do risco das cheias, bem como a criação de um ambiente mais saudável.

Para o efeito, foram identificados dois troços das margens do Rio Lima, um compreendido entre a União de Freguesias de Mazarefes e Vila Fria e Vila Franca (margem esquerda), vulgarmente conhecida como Veiga de S. Simão, uma das zonas húmidas mais importantes do concelho, com valores naturais de extrema relevância para o bem estar humano, e um segundo troço compreendido entre a União de Freguesias de Torre e Vila Mou e Lanheses (margem direita), que apresentavam graves problemas de erosão, onde foram implementadas diferentes técnicas de reabilitação, adaptadas às caraterísticas de cada um dos locais.